Maia: não quero ser presidente enquanto as contas públicas não forem organizadas

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta segunda-feira, 16, que não pretende se candidatar à Presidência da República enquanto as contas públicas do País não forem organizadas. O parlamentar, que participou de evento organizado pelo Brasil de Ideias, fez a afirmação ao responder uma pergunta da plateia sobre qual seria o seu futuro político.

"O futuro a Deus pertence. Estou bem como deputado", disse acrescentando que não pretende ser presidente da República enquanto as contas públicas não forem organizadas. Maia disse que tem visto as agruras dos presidentes, governadores e prefeitos que "apanham" todos os dias da sociedade e que não quer isso para ele. "Não quero ser (do poder) Executivo enquanto as contas públicas não forem organizadas", enfatizou, arrancando risadas da plateia.

Notícia



Moro e Skaf assinam acordo de cooperação para combate a crimes contra indústria

O Ministério da Justiça e a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) assinaram nesta segunda-feira, 14, um acordo de cooperação técnica para estudar alguns modelos de combate à criminalidade que afeta a indústria, como no âmbito dos crimes cibernéticos, por exemplo...