Premiê diz que Irlanda não pode aceitar um acordo a qualquer custo

Notícia
Espaço entre linhas+- ATamanho da letra+- Imprimir


O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, disse que ainda há lacunas nas negociações entre o Reino Unido e a União Europeia, e que a Irlanda não pode aceitar um acordo "a qualquer custo".

Para Varadkar, os britânicos estão repudiando "o acordo que negociamos em boa fé com a premiê Theresa May por dois anos, e agora estão colocando metade disso sobre a mesa e dizendo que são concessões". As declarações foram dadas pelo premiê à emissora irlandesa RTE na noite de terça-feira, 8.

Notícia



EUA impõem sanções a três ministros da Turquia por ofensiva militar na Síria

Após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinar um decreto autorizando a imposição de sanções a pessoas e entidades envolvidas na ofensiva militar turca no nordeste da Síria, Washington anunciou ter bloqueado os ativos sob jurisdição americana dos Ministérios de Energia e Recursos Naturais e da Defesa da Turquia bem como dos ministros à frente das pastas, Fatih Dönmez e Hulusi Akar, respectivamente, e do ministro do Interior, Süleyman Soylu...